Artflor amplia ações para divulgar terapias florais

Nova diretoria da entidade planeja retomar os encontros regionais e ampliar inserção da terapia floral no âmbito do SUS

Redação NBE

Redação NBE

01/03/2024
Artflor amplia ações para divulgar terapias florais Adobe Stock/NBE

3 min de leitura

A Associação Riograndense de Terapeutas Florais e Vibracionais - Artflor inicia 2024 com nova diretoria sob a presidência de Rejane Gomes e Eliana Borelli como vice-presidente. A diretoria executiva conta ainda com Pâmela Schuster, Dóris Volquind, Patrícia Kersch e Janaína Gomes.

Sobre a Artflor

Fundada em janeiro de 2004, a Artflor cresceu e se tornou uma referência para Terapeutas Florais no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Desde a sua criação, tem se empenhado em orientar seus associados, promover a excelência na prática da Terapia Floral e participar ativamente de iniciativas que fortaleçam a categoria. A entidade é associativa e está filiada ao Conaflor - Conselho Nacional de Autorregulamentação da Terapia Floral.

Segundo a vice-presidente, Eliana Borelli, a nova diretoria está planejando retomar os encontros regionais que foram suspensos desde a pandemia. “Serão palestras, encontros, workshops, convênios, cursos de formação e grupos de estudo. Ainda sem data, mas no momento oportuno estaremos divulgando amplamente” observa Eliana Borelli, que trabalha há 22 anos com terapia floral e especializou-se em terapia floral na PUC-RS e aponta a descoberta da terapia floral como “um divisor de águas na minha vida, tanto para a minha saúde como para a minha vida profissional”.

Mulher de vestido branco na frente de flores

"É uma grande alegria ver os resultados obtidos comigo e com meus pacientes. A terapia floral me devolveu vitalidade, compreensão de que podemos trabalhar com nossas questões com mais leveza e mais alegria e ir aos poucos fazendo este processo de transformação na saúde física, mental e emocional. É um processo que não é mágico, mas que acontece claramente. Desejo que eu possa dar meu melhor à Terapia Floral e retribuir tudo o quanto tenho recebido", pontua Eliana.

Uma das lutas da associação é pela abertura de concurso ou contrato em nível do SUS para profissionais especializados em terapia floral. Esta terapia integra o rol de 29 PICs – Praticas Integrativas e Complementares – autorizadas para uso no Sistema Único de Saúde no Brasil, desde 2006.

Interessados em ingressar na associação podem entrar em contato com a entidade pelas redes sociais ou diretamente com a vice-presidente pelo whats 54 9973.7676.

Diversidade de sistemas

A terapia floral surgiu através do sistema criado pelo médico inglês Dr. Edward Bach, na década de 1930**. A terapia das flores age no plano mais sutil dos seres (humanos e animais) auxiliando na harmonização dos corpos etérico, emocional e mental, facilitando o livre fluxo das energias.** Seu efeito foi reconhecido em 1976 pela Organização Mundial de Saúde e desde então vem sendo difundia em vários países.

Depois da criação do sistema de Bach surgiram muitos pesquisadores no mundo todo e vários no Brasil que desenvolveram novos sistemas de essências que atuam no campo sutil, as quais podem ser de flores, minerais, essências marinhas e mesmo essências ambientais, através da captação de energia de locais diferenciados.

Esta diversidade de essências entra hoje no rol das chamadas terapias florais e vibracionais. A Artflor reconhece os diferentes sistemas de florais. Por conta disto, segundo Eliana Borelli, a tendência é que no futuro a terapia floral passe a se chamar de “essências de campos de consciência”.

Compartilhe

Redação NBE

Redação NBE

Nosso Bem Estar é uma rede de mídias com o propósito de ajudar você a viver bem, de forma natural, saudável e justa.

Também pode te interessar

blog photo

Fraternidade e Amizade social é o tema da Campanha da Fraternidade 2024

A Campanha da Fraternidade é um modo brasileiro de celebrar a Quaresma, preparativa para a Páscoa – passagem da morte para a Vida.

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

A importância de incentivar o hábito da leitura em crianças e adolescentes

Criar o hábito da leitura em crianças e adolescentes é um desafio que vale a pena encarar, principalmente em tempos de celulares e redes sociais

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

Rotary Club doa carro de anestesia cirúrgico para o Hospital de Canela

Iniciativa foi através de uma parceria com o Rotary Club de Zug-Kolin, da Suíça

Redação NBE

Redação NBE

simbolo Bem Estar

Receba conteúdos que te inspiram a viver bem

Assine nossa newsletter e ganhe um universo de bem-estar direto no seu e-mail