Guia para visitar as highlands gaúchas

O Guia revela 96 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Cambará do Sul

Redação NBE

Redação NBE

11/01/2022
Guia para visitar as highlands gaúchas Rose Brogliato

3 min de leitura

A história legal da preservação dos Aparados da Serra iniciou nos anos 50, quando o ritmo acelerado de extração florestal que acontecia na região trouxe preocupações aos defensores do meio ambiente, entre eles o padre jesuíta Balduíno Rambo. Em 1957, os esforços de Rambo proporcionaram que a área do Itaimbezinho viesse a se transformar em Parque Estadual. Em 1959, essa Unidade de Conservação foi elevada à categoria de Parque Nacional. Já os campos nativos, ao contrário do que muita gente pensa, não são áreas desmatadas. São um ecossistema específico e de extrema importância para a regulação ambiental de toda a região.

O Parque Nacional de Aparados da Serra foi criado em 1959 e tem área de 13.141 hectares. O Cânion do Itaimbezinho é a atração principal, com extensão de 5.800 metros e paredes de 720 metros.

Em 1992 foi criado o Parque Nacional da Serra Geral, como estratégia para aumentar a área protegida por parques nacionais na região. Tem área de 17.301 hectares. Abriga os maiores cânions, como a Fortaleza, com extensão de 7.500 metros e altitude de escarpas que chegam a 1.167 metros.

Mais do que apenas imensos paredões, os Parques atraem para contemplação milhares de visitantes todos os anos e são um ambiente único e repleto de oportunidades para quem quer compreender melhor a natureza planetária e sua dinâmica.

Essas grandes Unidades de Conservação retêm muitas espécies endêmicas, raras ou ameaçadas de extinção, uma bem preservada mata de araucárias, diversos pontos de observação de aspectos geológicos e toda uma sala de aula e um laboratório a céu aberto.

Desde os anos 90, inúmeras pousadas, restaurantes e agências de turismo abriram suas portas e o crescimento do número de visitantes tem sido quase constante, movimentando a economia local.

Guia impresso orienta os visitantes

A cidade de Cambará também acabou atraindo moradores de vários locais do Brasil que ali se aquerenciaram, como o casal Andria Vanin e Paulo Ferretti que se empenham no desenvolvimento turístico sustentável da região. São eles os responsáveis pelo recém lançado Guia Cultura e Turismo: 96 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Cambará do Sul, cujas informações serviram de base para a elaboração dessa matéria*.

O Guia traz várias dicas de como respeitar os ambientes naturais e a cultura local, como essa pérola:

“O ritmo da cidade é tranquilo, interiorano. A comida já vai sair, a bebida já vem. Aproveite para apreciar os ambientes, conversar, ouvir as histórias, conhecer as pessoas. Cambará do Sul tem uma ‘vibe’ slow city, um lugar onde o tempo passa diferente, mais lentamente. Isso é parte da atratividade e do charme do lugar.

Seja cortês e educado. Procure aprender sobre regras e costumes locais. Seja curioso sem ser intrometido. Evite trazer seu mundo para o lugar visitado: aproveite para vivenciar maneiras, sabores e características diferentes daquilo a que se está acostumado. Aí reside a beleza e o prazer de viajar. Converse com as pessoas. Aprecie a refeição sem pressa. Ande pelas ruas calmas sem se preocupar com violência urbana. Curta o silêncio. Afaste-se um pouco das luzes da cidade, olhe para o céu, deixe-se vagar em meio a estrelas infinitas. Admire o pôr-do-sol. A natureza aqui se mostra poderosa, rica, impressionante, delicada, belíssima.”

  • Para adquirir o seu Guia Cultura e Turismo: 96 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Cambará do Sul envie um e-mail para contato@nossobemestar.com ou um Whats para 54 99713.6574.

Compartilhe

Redação NBE

Redação NBE

Nosso Bem Estar é uma rede de mídias com o propósito de ajudar você a viver bem, de forma natural, saudável e justa.

Também pode te interessar

blog photo

O enterro do glifosato

Evento simbólico é um ato de repúdio à agricultura da morte

Arno Kayser

Arno Kayser

blog photo

Uma abordagem ética à proteção ambiental

A decisão de salvar o meio ambiente deve brotar do coração do homem

Dalai Lama

Dalai Lama

blog photo

A Terra é a casa de todos

Apelo de cientistas e líderes religiosos pedem ações rápidas para curar a nossa casa comum

Redação NBE

Redação NBE