Para integrar corpo e mente

A Psicologia do Exercício tem se mostrado uma excelente ferramenta no restabelecimento pós-covid

Thais Wortmann Gomes

Thais Wortmann Gomes

27/09/2022
Para integrar corpo e mente Freepik

3 min de leitura

Procure fechar os olhos por alguns instantes e tente perceber o que representa o seu corpo na sua vida.

Qual a sua atenção e cuidados para com ele e o quanto você valoriza os sinais, que tantas vezes ele tenta comunicar a você?

Agora identifique tudo que traz desconforto, dores, ansiedade, tristeza, insatisfação... E respire profundamente. Crie um instante para oxigenar a mente, eliminar toxinas e relaxar as tensões do corpo.

Parece tão simples, mas não é!

Cada movimento, cada exercício traz impresso um sentimento, uma emoção consciente ou inconsciente que atua profundamente na nossa psiquê.

Essa associação de movimentos e exercícios direcionados aos aspectos individuais auxilia nos processos subconscientes da mente. É uma forma de organizar as emoções que vai colaborar na elaboração de conflitos e dificuldades da nossa vida. Quanto mais a mente interagir com o corpo, maior o domínio sobre ambos e maior o estado de equilíbrio do organismo.


Por atuar nos desbloqueios emocionais, físicos e energéticos, a Psicologia do Exercício apresenta resultados significativos, em especial, nas dores crônicas, doenças psicossomáticas e autoimunes de pessoas em geral, bem como nos tratamentos de ansiedade e depressão.


As vantagens da Psicologia do Exercício já são bastante conhecidas no mundo dos esportes, já que, numa competição, a administração das emoções através da preparação psicológica pode ser determinante para a vitória ou a derrota.

Mais recentemente, porém, esta ciência ampliou horizontes e ganhou novos públicos. Por atuar nos desbloqueios emocionais, físicos e energéticos, apresenta resultados significativos, em especial, nas dores crônicas, doenças psicossomáticas e autoimunes de pessoas em geral, bem como nos tratamentos de ansiedade e depressão.

Entre as mais novas aplicações com grande sucesso estão os tratamentos para reabilitação pós-covid e do equilíbrio da saúde física e mental. Os programas de atendimento costumam ser organizados a partir de uma observação clínica. O planejamento do trabalho inclui uma análise constante e pode combinar atendimentos presenciais e online.

Dores, lesões e depressão

No ano de 1986, a Psicologia do Exercício Físico e do Esporte foi reconhecida como especialidade da Psicologia, mas sua origem é bem mais antiga. Em 1925, o psicólogo norte-americano Colemann Griffth criou um laboratório de Psicologia do Esporte na Universidade de Illinois (EUA), que norteou vários estudos para entender os efeitos de fatores psicológicos sobre o desempenho físico e motor.


Na Psicologia do Exercício é promovido um redirecionamento para que a pessoa possa gerenciar sua vida com novas ferramentas e estratégias, a fim de amenizar dores, reduzir o estresse e ampliar sua qualidade de vida.


A Psicologia do Exercício Físico se refere aos fundamentos psicológicos, processos e consequências da regulação psicológica das atividades relacionadas aos movimentos físicos e do Esporte. O foco deste estudo pode estar em diferentes dimensões psicológicas da conduta humana, ou seja, afetiva, cognitiva, motivacional ou sensório-motora.

Pode ser desenvolvida em grupos ou individualmente e realizada num contexto educacional, recreativo, competitivo, preventivo ou reabilitador.

Há 27 anos atuando nesta área, já vi resultados excelentes em programas para abandono do tabagismo, nos tratamentos de diabetes, obesidade, hipertensão e reabilitação de pessoas na terceira idade. Tem se mostrado também excelente no restabelecimento pós-covid ou covid longa.

Na Psicologia do Exercício é promovido um redirecionamento para que a pessoa possa gerenciar sua vida com novas ferramentas e estratégias, a fim de amenizar dores, reduzir o estresse e ampliar sua qualidade de vida. O resultado maior é o desenvolvimento das potencialidades individuais e a redução do desgaste físico e mental


Compartilhe

Thais Wortmann Gomes

Thais Wortmann Gomes

Profissional de Educação Física e Shiatsuterapeuta

Também pode te interessar

blog photo

Peixinho da horta: o peixe que não é peixe

Saiba como preparar o peixinho da horta, que traz benefícios para a saúde e o sabor do peixe sem a crueldade da pesca

Fernanda Moraes

Fernanda Moraes

blog photo

Você conhece os benefícios do neem?

Não é raro encontrar árvores de neem ornamentando residências e até mesmo palácios na Índia, onde a planta é reverenciada por seus tantos benefícios

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

Novo ano, novos hábitos

O início do ano é um ótimo momento para abandonar de vez o sedentarismo e encarar novos hábitos, como a prática regular de exercícios físicos

Redação NBE

Redação NBE

simbolo Bem Estar

Receba conteúdos que te inspiram a viver bem

Assine nossa newsletter e ganhe um universo de bem-estar direto no seu e-mail