O que o seu dinheiro financia?

Investidores conscientes e tomadores de empréstimos se encontram nos Bancos Éticos

Redação NBE

Redação NBE

17/09/2023
O que o seu dinheiro financia? Adobe Stock/NBE

3 min de leitura

O banqueiro catalão Joan Melé, um homem de muitas perguntas e que questiona empresas e investidores sobre “o que o seu dinheiro financia?”, vem promovendo na sociedade a reflexão sobre como é possível contribuir para melhorar o mundo usando o dinheiro de forma consciente.

Mais do que perguntas, Joan Melé apresenta respostas.

Joan Melé

Joan Melé

Ao longo de mais de 40 anos de atuação à frente dos chamados Bancos Éticos na Europa, Melé tem se empenhado na formação de uma nova consciência, a fim de “conectar investidores conscientes com organizações cujos produtos ou serviços tenham impacto positivo na sociedade e no planeta”. A ideia é que estes recursos financeiros sejam utilizados para um desenvolvimento verdadeiramente sustentável.

Significa dizer que nestes bancos são adotados critérios de investimento explícitos, que incluem total transparência nas operações e uma política corporativa baseada no impacto social e ambiental. Ao contrário dos demais bancos comerciais, os Bancos Éticos não especulam com dinheiro e a gestão financeira das carteiras dos clientes funciona somente na economia real.

Ganhando o mundo

Os Bancos Éticos surgiram na Europa dos anos 1970 e hoje são representados por mais de 50 instituições financeiras no mundo. Estão alinhados ao Global Alliance for Banking on Values (GABV), uma rede global de bancos independentes que tem como premissa o desenvolvimento sustentável da economia, do meio ambiente e da sociedade.

A realidade dos Bancos Éticos chegou à América Latina em 2016. Em 2019, foi realizado o primeiro encontro latino-americano da Banca Ética em Santiago do Chile, com equipes da Argentina, Uruguai, Brasil e Chile.

A Banca Ética Latino-americana ainda não se configura como um banco, mas já realiza operações de crédito com o mesmo propósito de contribuir para o desenvolvimento de uma nova economia para a América Latina, baseada em valores como o respeito e a dignidade do ser humano, bem como o cuidado com o meio ambiente.

No Brasil

Melé criou a Fundação Dinheiro e Consciência, que propõe uma economia centrada na dignidade humana. Em 2022 o banqueiro catalão participou em Fortaleza do evento Encontro de Joan Melé com Empreendedores Sociais e trouxe vários questionamentos aos participantes, entre eles “como pode ser que 1% da população mundial acumule mais riqueza do que os outros 99% da população?”.

Segundo Melé, o foco exclusivamente no crescimento, no dinheiro e nos negócios têm gerado a perda da dignidade humana e a própria destruição do Planeta.

“Isto não é normal, não é lógico, não é necessário e creio que não seja sequer tolerável”, pontuou Joan Melé. “A própria ciência se focou em uma visão reducionista do ser humano. Eu digo aos jovens – não se adaptem a esta sociedade porque esta sociedade está doente e se vocês se adaptarem se tornarão doentes também. Nossa sociedade precisa recuperar a dignidade humana”, afirmou o banqueiro em palestra.

Com propósito bem claro, a Banca Ética Latino-americana só empresta dinheiro para empresas e organizações com impacto socioambiental positivo e que se encaixam em um dos eixos de investimento do grupo: educação e cultura, desenvolvimento social e inclusão, além de meio ambiente. “O objetivo de uma empresa é de que o mundo fique melhor graças a ela” conclui o banqueiro.

Desde 2016. Já foram mobilizados US$ 89 milhões para 900 negócios na região e recentemente a Banca Ética iniciou a captação de R$ 20 milhões para um fundo de crédito no Brasil. As operações são realizadas em parceria com a empresa especialista em Fundos de Investimentos.

Assista o vídeo de Joan Antoni Melé: Dignidade humana, fundamento de uma nova economia:

Compartilhe

Redação NBE

Redação NBE

Nosso Bem Estar é uma rede de mídias com o propósito de ajudar você a viver bem, de forma natural, saudável e justa.

Também pode te interessar

blog photo

Programa adota famílias

Iniciativa convoca pessoas para se tornarem padrinhos de famílias atingidas pelas enchentes

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

De onde vem a solidariedade humana?

O primeiro passo para a solidariedade é a empatia, que permite tentar experimentar de forma objetiva e racional o que o outro sente

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

Mobília para a reconstrução

O projeto Mobília do Bem é mais uma iniciativa de solidariedade para ajuda aos atingidos pelas inundações no RS

Redação NBE

Redação NBE

simbolo Bem Estar

Receba conteúdos que te inspiram a viver bem

Assine nossa newsletter e ganhe um universo de bem-estar direto no seu e-mail