Festa do arroz Agroecológico

MST é líder na América Latina na produção de arroz orgânico

Redação NBE

Redação NBE

15/03/2023
Festa do arroz Agroecológico Divulgação MST

3 min de leitura

Está programada para 17 de março de 2023 a maior Festa da Colheita do Arroz Agroecológico de todos os tempos.

Este será o 20º evento de celebração de colheita promovido pelo Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra do Rio Grande do Sul e pelo Grupo Gestor do Arroz Orgânico.

O encontro será no Assentamento Filhos de Sepé, em Viamão, na região Metropolitana de Porto Alegre, às 8h30, e deve reunir mais de cinco mil pessoas.

“Estamos muito felizes em poder convidar todos, todas e todes a comemorar a 20ª edição com a família do MST, pois é onde reunimos os agricultores, simpatizantes da Reforma Agrária Popular e da bandeira da agroecologia. Nos orgulha muito poder dividir esse momento festivo e também partilhar a nossa produção de forma solidária com a sociedade gaúcha e brasileira”, pontua Marildo Mulinari, da direção Estadual do MST RS.

Maior produtor do país

O evento também vai comemorar os mais de dez anos da liderança do MST no ranking de maior produtor do alimento orgânico do Brasil e da América Latina, segundo o Instituto Riograndense de Arroz (Irga).

De acordo com o Grupo Gestor do Arroz Orgânico, na safra 2022/2023, a estimativa é colher aproximadamente 16.111 toneladas de arroz orgânico, cerca de 322.235 mil sacas de 50 kg cada, em uma área de 3.200 hectares. As principais variedades plantadas são de arroz agulhinha e cateto.

A produção ocorre em 22 assentamentos, localizados em nove municípios das regiões Metropolitana, Sul, Centro Sul e Fronteira Oeste do estado. O cultivo é feito por 352 famílias, que estão organizadas em sete Cooperativas da Reforma Agrária, entre elas a Cooperativa dos Trabalhadores Assentados da Região de Porto Alegre (Cootap), Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita (Coopan), Cooperativa de Produção Agropecuária dos Assentados de Tapes (Coopat), Terra Livre, Cooperativa dos Produtores Orgânicos de Reforma Agrária de Viamão (Cooperav), Cooperativa de Produção Agropecuária dos Assentamentos de Charqueadas (Copac) e Cooperativa Sete de Julho.

A produção de arroz agroecológico desenvolvida pelas famílias assentadas da Reforma Agrária Popular, organizadas no Grupo Gestor, tem se reafirmado como alternativa ao modelo convencional de produção dominante. O MST preza pela concepção de produção de alimento saudável em qualquer escala, preservando o meio ambiente, em um processo cooperado, que busca a distribuição de renda entre os produtores e que possa chegar à mesa dos consumidores a preço justo, alicerçado nos princípios da agroecologia em todas as dimensões do processo produtivo e organizativo.

“O processo produtivo do arroz agroecológico tem resgatado junto aos agricultores a troca de conhecimento, de saberes, do ponto de vista dos manejos tecnológicos, da gestão da produção, busca de conhecimento e estudos, podendo dialogar sobre os avanços, os gargalos e desafios na produção”, assinala Celso Alves da Silva, da coordenação do Grupo Gestor do Arroz Agroecológico.

Conforme o Grupo Gestor do Arroz Agroecológico, o intuito das famílias Sem Terra é seguir evoluindo e melhorando sua produção, para mostrar para a população brasileira a importância da Reforma Agrária Popular e da produção na Agricultura Familiar. A luta do MST é pela soberania alimentar popular, mas antes disso os Sem Terra se somam no combate à fome que assola milhares de brasileiros e brasileiras.

Serviço

O que? 20ª Festa da Colheita do Arroz Agroecológico

Quem? Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra do Rio Grande do Sul

Quando? 17 de março de 2023

Onde? Assentamento Filhos de Sepé, Viamão - RS

Contato: Maiara Rauber (51) 9 9981-7481

Compartilhe

Redação NBE

Redação NBE

Nosso Bem Estar é uma rede de mídias com o propósito de ajudar você a viver bem, de forma natural, saudável e justa.

Também pode te interessar

blog photo

A importância de incentivar o hábito da leitura em crianças e adolescentes

Criar o hábito da leitura em crianças e adolescentes é um desafio que vale a pena encarar, principalmente em tempos de celulares e redes sociais

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

Rotary Club doa carro de anestesia cirúrgico para o Hospital de Canela

Iniciativa foi através de uma parceria com o Rotary Club de Zug-Kolin, da Suíça

Redação NBE

Redação NBE

blog photo

Comoventes histórias de Natal que recebemos de presente

Pedimos aos leitores do Nosso Bem Estar que contassem pra gente alguma história marcante de sua vida sobre Papai Noel. Para nossa surpresa, fomos parar até no Vietnam

Redação NBE

Redação NBE

simbolo Bem Estar

Receba conteúdos que te inspiram a viver bem

Assine nossa newsletter e ganhe um universo de bem-estar direto no seu e-mail