Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Saúde Integral

21/10/2015 11h08

COLUNA X PILATES

O método Pilates apresenta resultados excelentes para as mais diversas disfunções musculoesqueléticas

Por Fabiana Freua

Arquivo Nosso Bem Estar
C istock 000019468862small

O método Pilates apresenta resultados excelentes para as mais diversas disfunções musculoesqueléticas

Para sustentar o esqueleto humano, a coluna deve manter-se firme e ao mesmo tempo maleável, permitindo assim os movimentos do corpo. Isso é possível mediante a conexão de estruturas rígidas, como as vértebras, com estruturas macias, como os discos intervertebrais, que absorvem o impacto e permitem a movimentação. Os músculos têm um papel fundamental para uma postura correta, pois servem de sustentação da coluna.

O método Pilates tem se difundido rapidamente no tratamento das disfunções musculoesqueléticas, amplamente utilizado na promoção da saúde, prevenção e tratamento de patologias e desvios  na coluna, como:  hérnia de disco (parte do disco sai da posição normal e comprime a medula ou as raízes nervosas); espondilólise (fratura de um ou dois lados do anel da vértebra); espondilolistese (deslizamento da vértebra); e desvios posturais (escoliose, cifose e lordose acentuadas).

Vértebras desalinhadas podem causar algumas enfermidades como, por exemplo, as cervicalgias  na região cervical, que ocasionam dores de cabeça, insônia, cansaço crônico, vertigem, torcicolos, entre outros. Na região torácica, as mais comuns são: tosse, dificuldades para respirar, bronquite e pneumonia. Na região lombar, é comum ocorrer dor no nervo ciático, com ou sem irradiações para outros locais, herniações e lombalgias. Por último, na região sacral pode haver dor no quadril no ato de sentar e/ou de levantar, bem como em membros inferiores.

 O método Pilates  prioriza  o treinamento do corpo e da mente, e por meio dele o trabalho muscular é realizado em baixa velocidade. Seu objetivo é conseguir um controle preciso do corpo, através de uma variedade de exercícios, executados em solo ou em aparelhos apropriados, fortalecendo um conjunto de músculos responsáveis pelo controle do alinhamento postural, conjunto esse chamado de “Power House” (casa de força). Este centro de força é composto pela musculatura reto-abdominal, transverso do abdômen, assoalho pélvico e paravertebrais, proporcionando a melhora do quadro álgico.

Com as modificações e adaptações adequadas para diferentes tipos de pessoas, o método engloba exercícios, nos quais são utilizados seis princípios: concentração, controle, precisão, fluidez do movimento, respiração e contração do centro de força. Sua finalidade terapêutica é baseada na correção postural, através do fortalecimento e alongamento muscular, trabalhando-se o corpo como uma totalidade e respeitando as características e limitações de cada indivíduo ao praticar o método Pilates.

Fabiana Freua é fisioterapeuta 

X