Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Bem-estar

22/09/2014 10h31

Primavera é tempo de renovação!

Faça uma limpa na sua vida para lançar novas sementes!

Por Nosso Bem Estar

SXC.HU/ NBE
Sxc.hu nbe

Estação é propícia para florescer o que temos de melhor!

As trocas de estação são períodos ótimos para fazer uma revisão de como temos vivido. Limpar os armários, arrumar as gavetas, doar aquilo que não serve... São atitudes que nos ajudam a deixar fluir as energias, abrindo espaço para o novo. Então que tal aproveitar a chegada da Primavera para promover uma renovação na sua vida?

Estas são algumas formas de manifestar externamente a transformação que também está acontecendo por dentro. Depois do período de introspecção provocado pelo inverno, quando toda a natureza se recolhe, é hora de lançar novas sementes...

Mas, antes disso, é preciso limpar o solo. Procure refletir: que áreas da sua rotina precisam ser revisadas, modificadas ou até mesmo abandonadas? Observe tudo o que lhe tira energia, agradeça e deixe ir, para que novas oportunidades possam brotar.

A Primavera

A primavera ocorre após o inverno e antes do verão. No Brasil, tem início em 23 de setembro e termina no dia 21 de dezembro. No hemisfério norte é chamada de "primavera boreal" e no hemisfério sul, de "primavera austral".

A partir de agora entramos na metade clara do ano! Nos equinócios, o dia e a noite têm a mesma duração. A luz começa a crescer gradativamente e os dias passam a ser mais longos que as noites. A Terra recebe o calor do Sol e floresce.

É o início da reprodução de muitas espécies de árvores e plantas. As ruas ficam mais belas, as temperaturas começam a aumentar, as marés a subir, e nos sentimos também mais entusiasmados... \o/

A roda do ano

Antigamente, quando a vida humana dependia mais diretamente das condições naturais, a chegada de um novo ciclo era sempre reverenciada. Os sábios conheciam suas influências e criavam representações mitológicas para explicá-las.

Para descrever a alquimia que gerava a vida na Terra a partir das interações cíclicas entre o Sol e a Lua, os povos pagãos contavam histórias sobre o Deus e a Deusa e faziam rituais de agradecimento, sincronizados com os períodos de plantio e colheita. Eram celebradas as lunações e 8 grandes festivais solares anuais, que marcavam a roda do ano, representando o nascimento, a maturidade, a morte e o renascimento do Deus e da Deusa.

Pela mitologia da roda do ano, na Primavera a Deusa é uma linda donzela e o Deus é um jovem viril. É quando eles se apaixonam, e deixam de ser mãe e filho. Nessa data, a semente da vida é semeada no ventre da Deusa, a donzela revigorada e cheia de vida e alegria. O Deus é devidamente armado para sair em sua viagem no mudo das trevas e reconquistá-lo, para que posteriormente a luz volte a reinar.

Fontes: Redação Nosso Bem Estar, Mistérios Antigos – www.misteriosantigos.com

X