Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Crescimento pessoal

19/08/2019 08h00

Yoga e Ciência

Pesquisas buscam entender o poder desta extraordinária prática milenar. Um dos estudos sugere que ela pode, inclusive, modificar positivamente o DNA humano, combatendo o estresse e outras doenças.

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
Design sem nome(1)

Yoga

De acordo com estimativas do instituto Yoga Alliance, o número de praticantes de yoga passava de 36 milhões em 2016, quantidade que é ainda maior atualmente. Muitos pesquisadores buscam entender os efeitos dessa prática, que surgiu há mais de cinco mil anos na Índia.  Um dos estudos sugere que ela pode, inclusive, modificar positivamente o DNA humano, combatendo o estresse e outras doenças. Acompanhe:

Muitos benefícios

A prática da yoga traz diversos benefícios, mas é importante ter uma orientação adequada para fazer as posturas corretas. Ao longo da experiência, o indivíduo aprende a ter um maior controle do corpo, da respiração e da ansiedade.

Independentemente da linha ou estilo de yoga praticado, alguns benefícios são comuns, tais como:

  • Melhora da compreensão do corpo;
  • Flexibilidade;
  • Resistência; 
  • Melhora na respiração;
  • Alívio do estresse; 
  • Combate à insônia;
  • Redução na pressão arterial;
  • Relaxamento.

 

A atividade pode ser realizada por diversos públicos, agregando bons resultados para a saúde e a qualidade de vida. Em gestantes, por exemplo, ela é positiva na preparação do corpo e da respiração para o trabalho do parto. Já no caso dos idosos, melhora a flexibilidade e o equilíbrio, e aumenta a energia vital - além disso, pode ser uma aliada no combate e no tratamento de doenças.

Pesquisas

Um grupo de pesquisadores de diversas universidades, entre elas a Universidade Nacional de Singapura, analisou os efeitos da yoga em pessoas com mais de 60 anos. De acordo com informações do estudo, divulgado na publicação Aging & Mental Health, a atividade é eficaz para aliviar a ansiedade e a depressão em idosos.

Os benefícios não param por aí: um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Nova York, em 2011, por exemplo, constatou que a atividade é positiva para reduzir os hormônios de estresse e para aliviar sintomas de fibromialgia.

Um outro estudo impressionante da Universidade de Harvard, divulgado no site Natural News, descobriu que a prática de yoga é benéfica para a função metabólica em nível celular, o que ajuda a absorver melhor os nutrientes e ainda contribui para a prevenção de doenças.

Os cientistas constataram, por exemplo, que o grupo praticante de yoga teve alterações em mais de dois mil genes! Sim, é isto mesmo! Essas mudanças no DNA foram positivas para aumentar a resistência do organismo ao estresse, reduzindo o risco de doenças crônicas e outros distúrbios.

Já outro estudo feito por pesquisadores da Universidade de Calgary, no Canadá, acompanhou um grupo de sobreviventes de câncer de mama. Após comparar as amostras de sangue do início e do fim do processo, os pesquisadores constaram que as pessoas que praticavam yoga e meditação em casa ou em aulas semanais tinham uma taxa de sobrevivência pós-câncer melhor do que aquelas que não se dedicavam às atividades. 

Como praticar yoga

Agora que você já conhece os benefícios da atividade e as incríveis pesquisas que atestam a sua efetividade, chegou o momento de praticá-la. Como vimos, a yoga é indicada para pessoas de todas as idades e traz resultados significativos em diversas fases da vida.

Procure por escolas especializadas em yoga. Faça aulas experimentais, leia a respeito, converse com o professor para ver qual tipo de yoga pode se encaixar melhor ao seu perfil.

Vale lembrar que é fundamental ter persistência e disciplina. No início, pode parecer difícil fazer a postura correta e manter a concentração, mas, ao longo das aulas, é possível melhorar esses pontos. Com o tempo e com a prática, você vai alcançar mais flexibilidade, foco e compreensão do corpo.

As obrigações diárias, muitas vezes, nos afastam do cuidado e da atenção com o corpo e a mente. Entretanto, é preciso reservar um tempo na rotina para dar atenção a esses aspectos, afinal, são essenciais para uma vida longa e saudável. Como vimos, o yoga é extremamente positivo para isso, pois ajuda a melhorar a saúde física e mental, favorece o autoconhecimento e o equilíbrio emocional e agrega disposição no dia a dia, o que pode contribuir para uma vida mais saudável e feliz.

Vale destacar, ainda, que o yoga, mais do que um simples exercício, é uma filosofia de vida que busca estabilidade interna e pode levar o praticante a uma profunda jornada de autoconhecimento e a um estado geral de equilíbrio. 

X