Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Família

04/04/2019 08h00

Negócio ‘bom pra cachorro’

Conheça as mais incríveis oportunidades que o mercado pet pode lhe oferecer.

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
Capa bem estar (1)

Muitas pessoas consideram os animais de estimação membros da família, logo não medem esforços para deixá-los seguros e confortáveis.

Muitas pessoas consideram os animais de estimação membros da família, logo não medem esforços para deixá-los seguros e confortáveis. Esse comportamento influencia diretamente o mercado pet, que registrou um crescimento significativo nos últimos anos.

O amor pelos bichinhos de estimação vai além da compra de rações ou da consulta em clínicas veterinárias. Atualmente, diversos serviços garantem o bem-estar, a saúde e o conforto dos animais, deixando os donos bem mais tranquilos.

Ficou curioso para saber mais sobre o mercado pet, não é? Então acompanhe conosco!

Dados do setor

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, com dados fornecidos pelo IBGE ano 2013, o país conta com mais de 130 milhões de animais domésticos. Esta é a 4ª maior população do mundo. O número de cães supera os 50 milhões, completados com milhares de gatos, peixes, aves ornamentais, répteis e pequenos mamíferos.

Diante dessa população tão representativa, não é surpresa que o mercado pet possua uma movimentação financeira forte. Levantamento feito pela ABINPET mostrou que o faturamento do setor, em 2017, foi de R$ 20,3 bilhões, superando o ano anterior, que havia gerado R$ 18,9 bilhões de saldo positivo. Descontada a inflação, o crescimento real foi de quase 5%.

Quase 70% do faturamento está relacionado com o segmento de alimentação dos animais, e o restante, destinado a acessórios, higiene e beleza, medicamentos veterinários e serviços diversos.

O envolvimento emocional com os animais fez com que os custos com alimentação, higiene e saúde, fossem prioridade na despesa familiar. Desta forma o setor não sofreu tanto com a crise econômica dos últimos anos.

Uma pesquisa feita pelo SPC, mostrou que o custo médio com animais de estimação é de R$ 189. No entanto, esse valor pode variar de acordo com a renda familiar, porte e saúde do animal, entre outros fatores.

Mercado de Negócios Pet

Se antigamente os donos de animais de estimação podiam contar apenas com clínicas veterinárias e poucos pet shops, hoje o número de estabelecimentos é muito maior, assim como o de serviços oferecidos.

Vai viajar e não pode levar o cãozinho? Fique sabendo que deixá-lo em um hotel para cachorro é uma ótima opção. Se o tempo em que você vai ficar ausente é de alguns dias, contrate um serviço autorizado de pet para alimentar os gatos. São diversas sitters/babás de pet disponíveis, ou seja, profissionais ficarão responsáveis por cuidar dos seus bichinhos.

Estes são alguns dos exemplos, mas o mercado pet conta com uma infinidade de serviços para garantir o bem-estar dos animais, além do conforto dos donos. São serviços flexíveis e personalizados que atendem às necessidades. Leia abaixo mais opções!

Hotel e creche para pets

Diversas cidades contam com estabelecimentos neste estilo. Os hotéis são uma verdadeira salvação para quem passa o dia todo fora e não tem como deixar o animal sozinho em casa. Eles funcionam com diárias ou por longos períodos, atendendo donos que viajam por dias e precisam deixar o(s) pet(s). Há também o formato ‘daycare’, onde são aplicadas diárias esporádicas.

Passeador

Se o dono não tiver tempo de levar o animal para passear, uma alternativa é contratar o serviço de ‘dog walker’. Sites e aplicativos conectam donos aos passeadores de cachorros de acordo com a região, facilitando a contratação e o agendamento.

Pet shop móvel

Ótima opção para atender à rotina corrida das pessoas. Com o pet shop móvel, o banho e a tosa podem ser feitos a domicílio com hora agendada, evitando o deslocamento e minimizando o estresse do bichinho durante o banho ou tosa em locais não muito familiares aos cães.

Roupas, brinquedos e acessórios

Atualmente os pet shops contam com uma infinidade de acessórios para os animais de estimação, porém alguns empreendedores oferecem itens personalizados e originais, como camas, bandanas, roupas e brinquedos, entre outros.

Algumas clínicas vão mais longe ainda, com especialização em terapias, exames e procedimentos dos mais variados.

O mercado pet é, sem dúvida, uma ótima opção para quem pretende empreender. Entretanto, antes de ingressar no setor, é importante pesquisar bem para montar um negócio de qualidade, diferenciado e que atenda às necessidades dos consumidores.

Gostou do conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente!

X