Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Saúde Integral

12/06/2018 09h30

Parapsicologia Clínica

Uma Fantástica Possibilidade de Cura, que utiliza o subconsciente, que registra e organiza todas as nossas vivências

Por OLAVO FRÖHLICH

HypeScience
M11

Buscando compreender, desvendar e esclarecer estes acontecimentos enigmáticos, os cientistas descobriram que um fato paranormal sempre acontece na presença de uma ou mais pessoas.

Os progressos da ciência são ilimitados, assim como a permanente evolução do universo. Estamos inseridos neste contexto, buscando evoluir sempre.

É senso comum que a parapsicologia se ocupa dos fenômenos paranormais, fatos perturbadores ou milagrosos que acontecem e que, geralmente, não têm explicações lógicas. Diríamos, fatos não normais.

Buscando compreender, desvendar e esclarecer estes acontecimentos enigmáticos, os cientistas descobriram que um fato paranormal sempre acontece na presença de uma ou mais pessoas. Isso significa que somos nós, pessoas, que fazemos acontecer estas façanhas extraordinárias, através da nossa mente.

Então, como a mente funciona para fazer acontecer tudo isso?

Sabemos que nossa mente é composta pelo consciente e pelo subconsciente. Somos os únicos seres do planeta com consciência, característica que nos distingue, nos faz ser gente. Usamos o consciente para pensar, julgar, decidir, distinguir, ter noção de tempo (ontem, hoje, amanhã) e assim por diante.

O subconsciente registra e organiza todas as nossas vivências. Como um computador, de memória ilimitada, é capaz de armazenar todos os momentos de nossa vida, desde o primeiro dia da gestação. A parapsicologia clínica independente, do Sistema Grisa, de Florianópolis, sem vínculos com as escolas de linha católica e espírita, denomina todas as vivências armazenadas de "programações". No entanto, ela não está balizada por crenças ou filosofia. Quando a vivência é positiva, a programação é positiva, quando a vivência é negativa ou traumática, a programação é negativa.

No século passado, pesquisadores americanos, entre os quais Joseph Murphy, concluíram que o consciente e subconsciente funcionam de forma independente. Se trata de apenas uma mente, mas age como se fossem duas. Aqui, nos interessa falar um pouco sobre a ação do subconsciente. Ele funciona de forma automática e autônoma, sem consultar o consciente. Além disso, executa o conjunto das programações nele registradas, sem questionar se o resultado é prejudicial ou benéfico. A comparação com um computador ou um robô é pertinente. Ele realiza o que está no "programa", sendo incapaz de realizar qualquer outra tarefa.

Sempre que o subconsciente está no comando, o que acontece pelo menos em 90 por cento da nossa vida, nossas ações e reações são automáticas e autônomas. Elas são determinadas pelas programações que estão registradas no subconsciente. Os desequilíbrios de comportamento e de saúde têm relação direta com as programações atrapalhadas que possuímos.

Cada programação tem uma energia poderosa que, quando acionada, faz acontecer os fatos de nossa vida. Este é o tão propalado "poder da mente". O resultado é positivo quando acionamos uma vivência positiva e negativo quando acionamos uma vivência negativa. Simples assim!

O que faz a Parapsicologia Clínica em relação a isto?

Poderíamos pensar que estamos presos ao fardo da nossa vida, de acordo com nossas programações. Não temos dúvida de que os fatos de nossa vida vão acontecer de acordo com o que está programado em nosso subconsciente. O extraordinário é que estas programações podem ser modificadas, REPROGRAMADAS.

A reprogramação acontece quando a pessoa compreende o fato perturbador, negativo, de uma outra forma, sem traumas. Assimilamos uma outra verdade para este fato e, com isso, mudamos a energia negativa. A energia passa a ser construtiva e benéfica. Em outras palavras, se ela produz doença, eliminamos a causa da doença e a saúde é restabelecida.

É ponto pacífico para a Parapsicologia Clínica de que todas as manifestações físicas desequilibradas, ou seja, todas as doenças, têm uma causa anterior, que é a causa mental.

Nada que não esteja na nossa mente, se manifesta no nosso corpo. Somos o que pensamos. O medo atrai. Já ouvimos, inúmeras vezes, frases como estas. Acreditamos nelas? Poucas vezes.

No atendimento clínico pela parapsicologia, acessamos e reprogramamos as programações traumáticas. Um processo simples que se vale da hipnose, ou relaxamento profundo, como ferramenta de acesso às lembranças traumáticas, levando a resultados imediatos e definitivos.

OLAVO FRÖHLICH é Parapsicólogo Clínico

X