Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Bem-estar

24/04/2018 09h30

Falando e sorrindo

Conheça alimentos que refrescam o hálito e não sofra mais para falar em público.

Por Nosso Bem Estar

Shutterstock | Pixabay
M11

Você é escravo da escova de dente? Liberte-se, conheça alimentos que refrescam o hálito e colaboram com o bem-estar bucal.

Você é escravo da escova de dente? Deixa de comer pratos feitos com alho e cebola, por conta do hálito que terá em seguida? Liberte-se, conheça alimentos que refrescam o hálito e colaboram com o bem-estar bucal.

O que causa o mau hálito

Há pouco tempo, acreditava-se que o mau hálito era unicamente decorrente de problemas no estômago. Porém, esse problema também pode acontecer ao acordar, após longos períodos em jejum, em situações de estresse, falta de salivação, prisão de ventre, má alimentação, inflamação na gengiva, e o mais comum: por má higienização bucal, quando não se limpa a língua durante a escovação.

O ideal é tratar a situação, procurando um especialista, claro; mas também é possível aprender a refrescar o hálito com alimentos naturais. Conheça-os abaixo.

Chá de boldo

Por ser conhecido pelas suas características digestivas, o chá de boldo alivia a halitose quanto é relacionada à má alimentação ou prisão de ventre. Melhorando a digestão, o mau hálito também melhora.

Como o sabor do chá de boldo não é agradável, pode-se mascará-lo adicionando folhas de camomila ao líquido.

Água

O simples ato de beber água é benéfico contra a halitose, porque aumenta a salivação e evita que a boca fique seca. Além disso, é uma forma de eliminar impurezas do organismo, que podem estar presentes na boca, especialmente na língua.

Maçã, cenoura e pepino

Esses são alimentos que refrescam o hálito, principalmente quando são consumidos com casca, porque raspam suavemente os dentes, limpando-os. Assim, as bactérias causadoras do mau hálito acumuladas são eliminadas. Atenção sempre ao problema dos agrotóxicos. Busque frutas e verduras orgânicas.

Gengibre

Conhecido como alimento anti-inflamatório e auxiliar no emagrecimento, o gengibre também é ótimo para o hálito porque estimula a digestão. Você pode colocar rodelas do termogênico na água, incluir o ingrediente na alimentação, em pratos variados, ou até mesmo chupar balas de gengibre.

Hortelã

A hortelã possui as mesmas propriedades digestivas do boldo, seu gosto é bem mais agradável e contempla uma gama variada de opções para o hálito, como chá, balas, enxaguante bucal, creme dental, etc.

Assim, o frescor da boca é garantido, sem gastar muito e com um sabor refrescante e barato.

Iogurte natural

Se não contiver açúcar, o iogurte natural neutraliza o ácido sulfídrico presente no organismo, responsável por promover o mau hálito bucal, quando está em quantidade. O iogurte pode ser consumido com cereais, como granola, com frutas e mel, ou uma mistura dos três, servindo como um excelente lanche saudável.

Suco de limão

O limão também é excelente para refrescar o hálito, porque elimina as bactérias ruins presentes no estômago e na boca, até mesmo as mais resistentes. Além desse beneficio, o limão é regulador do intestino, evitando a formação de gases e favorecendo o seu bom funcionamento.

Incluir o limão na alimentação é muito fácil: você pode beber o suco ou então fazer água saborizada com limão e gengibre. Fica uma delícia!

Além disso, você pode inserir o limão em variados pratos, tanto doces como salgados, até em molhos para saladas.

Higienização adequada impede restrições

Você sabia que café, bebidas alcoólicas, proteínas e gorduras de origem animal, azeitona, alcachofra, alho e cebola podem piorar o seu hálito? É claro que a restrição desses alimentos causará problemas na elaboração de cardápios, pois muitos ingredientes fazem parte desse grupo.

Para não ter de passar por provações alimentares, siga nossa recomendação: faça uma higienização adequada da boca, limpando a língua em todas as escovações, passe fio dental da mesma forma e use enxaguante bucal com regularidade. E mais: inclua nossas sugestões de alimentos que refrescam o hálito em sua rotina de alimentação.

Contudo, é preciso tratar a situação, trazendo solução ao invés de mascarar o problema. Se você não sabe qual é a causa da halitose, procure auxílio médico para que o problema seja diagnosticado. Mas, se já sabe, siga as recomendações médicas para erradicar de vez o mau hálito.

Saiba que a halitose é um problema sério, que pode atrapalhar relacionamentos e prejudicar a autoestima das pessoas. Por isso, deve ser tratada o quanto antes, para que os danos sejam os menores possíveis. Saúde bucal é saúde do corpo!

X