Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Crescimento pessoal

20/12/2017 06h30

O corpo fala!

A comunicação não verbal existe desde os primórdios do mundo e ela é essencial para, além de afirmar o que está sendo dito em palavras, também para passar mais segurança e sinceridade

Por Nosso Bem Estar

Depositphotos | Career Adict
M23 linguagem corporal ibralc comunicacao nao verbal

Muito além das palavras

Sabemos que a comunicação, de todas as formas, é fundamental para manter todas as relações pessoais, e somente é entendida quando quem a recebe identifica-a no mesmo sentido em que foi transmitida, ou seja, a linguagem verbal e não verbal precisam estar em harmonia para que haja inteira compreensão da mensagem.

A linguagem verbal, falada na mesma língua de quem está comunicando, é uma forma de se comunicar mais facilmente com as pessoas, porém a comunicação não verbal foi o primeiro tipo de comunicação existente no planeta. Sua importância é considerada essencial, pois pode ser entendida por pessoas de diferentes países e culturas, afinal um sorriso é sempre um sorriso e um ar insatisfeito também.

Os seres humanos, mesmo sem perceber, muitas vezes entram em dissonância nesses dois tipos de linguagem, dificultando a compreensão da sua mensagem. A linguagem não verbal é expressa pelo rosto, olhares, gestos, posturas, tom e ritmo da voz, garantindo ao comunicador a credibilidade do que deseja falar em palavras.

Por isso, para conseguir transmitir segurança e sinceridade em um diálogo, a comunicação não verbal é essencial, pois por si só, ela é capaz de representar toda a intenção e sentimentos de quem a pratica.

A importância da linguagem não-verbal

O corpo fala por ele próprio, apontando mentiras e expondo verdades inconscientes. Assim ele consegue dar mais ênfase à comunicação e reforçar a ideia que quer transmitir, proporcionando ao receptor da mensagem maior entendimento e interação.

Desde crianças, as pessoas são estimuladas a fazer gestos com as mãos para se comunicar, e desde então as expressões não verbais são reveladoras das emoções.  A linguagem corporal mostra atitudes que se refletem nos relacionamentos, no trabalho e no posicionamento no mundo em geral, com expressões de prazer, de ânimo etc.

A comunicação interfere tanto nas atividades diárias, que ela consegue repetir, dar ênfase, contradizer, complementar, substituir e regularizar o que foi dito em palavras. O ideal seria conseguir dar atenção a ela para se sair bem principalmente nas situações estressantes, mas o fato dela ser quase completamente automática e inconsciente dificulta bastante seu acompanhamento. Experientes comunicadores até conseguem adotar posturas, gestos, conexões visuais e entonação de voz adequada com um pouco mais de facilidade.

A comunicação verbal influencia a vida

A mensagem não verbal pode ser passada de várias formas, como por exemplo, utilizar o polegar para cima ou balançar a cabeça para cima e para baixo para afirmar algo; ter expressões faciais negativas que identificam desprezo ou raiva, ou mudar a entonação vocal elevando o volume da voz para demonstrar insatisfação.

Por isso, nossa expressão facial e gesticular dizem muito sobre nosso estado de espírito. Por isso se estende a tantas fronteiras significativas da vida, como o contexto de trabalho, por exemplo. No espaço empresarial é fundamental manter a comunicação verbal bem centrada, assim como a organização do ambiente em que trabalha, pois é uma forma de mostrar o seu verdadeiro eu e como está vivendo aquele momento.

A comunicação não verbal é responsável pela primeira impressão de uma pessoa. Ela é importante por que em segundos uma pessoa já faz o julgamento sobre quem a expressa. Por exemplo, a tonalidade da voz firme e a postura ereta mostram muito da sua capacidade.

X