Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Planeta

19/10/2017 06h30

O que são PANCs e como consumi-las?

As Plantas Alimentícias Não Convencionais são excelentes opções para variar o cardápio e surpreender pelo sabor.

Por Nosso Bem Estar

Pixabay
M32 742bbc0e6819dc81605af194f728cae2 xl

Que tal variar seu cardápio?

Quando se fala em alimentação saudável, com plantas inclusas na dieta, em que você pensa? Se alface, rúcula, agrião e couve vieram à sua mente, não quer dizer que você esteja errado, afinal, essas são as verduras mais consumidas. No entanto, isso significa que você pode estar deixando de lado uma gama de outras hortaliças que poderia deixar as refeições ainda mais nutritivas.

Elas estão por todos os lados, e deveriam estar, também, no seu prato. As Plantas Alimentícias Não Convencionais, ou PANCs, são excelentes opções para variar o cardápio. Além disso, surpreendem pelo sabor e combinações.

O que são as PANCs?

Elas nada mais são do que plantas comestíveis, mas que não incluímos em nossa dieta por desconhecimento, ou, até mesmo, preconceito. Geralmente, as PANCs não são facilmente encontradas em supermercados e hortifrútis. No entanto, normalmente, são descartadas por serem consideradas mato ou erva daninha.

A redução das plantas na alimentação é um processo que vem acontecendo desde o século passado. Estima-se que, nos últimos 100 anos, a variedade de hortaliças consumidas pelo homem caiu de 10 mil para 170. Uma das explicações é o desenvolvimento dos grandes centros urbanos, que acaba deixando o contato com a natureza cada vez mais distante.

As PANCs estão conquistando o seu lugar

Apesar de não comumente usadas no dia a dia, as PANCs estão ganhando espaço na gastronomia.

Em Taquara (RS), o bistrô Invento Pra Comer apresenta um cardápio baseado em sabores que fogem do padrão tradicional e aguçam os sentidos. A chef Marília Kelen – nutricionista e bióloga por formação - é uma defensora das plantas alimentícias não convencionais (PANC) que já fazem sucesso em restaurantes renomados como D.O.M. e Maní, em São Paulo. Segundo ela, as PANC fazem parte de um resgate da cultura alimentar, são aliadas na preservação da biodiversidade e não necessitam agrotóxico. “Muito mais que moda, elas permitem uma variação na nossa dieta de maneira econômica”.

O Brasil tem uma biodiversidade única no mundo, e, por isso, as possibilidades de uma alimentação rica e variada são inúmeras, basta se abrir para o novo e explorar os sabores da terra.

E você, tem o costume de consumir alguma PANC?

 

PANCs para você incluir na sua alimentação

#1 Begônias

As begônias são conhecidas pelo seu potencial decorativo, mas nem todo mundo sabe que elas podem ser consumidas cruas, em saladas, assim como em receitas de mousses e geleias.

#2 Dente de leão

Você pode não reconhecer pelo nome, mas, com certeza, já brincou de assoprar essa planta, que se desfaz em vários tufos espalhados ao vento. Quem diria que o dente de leão também fosse uma PANC?

Ele tem muitos fitonutrientes, vitaminas A e C. Tanto sua flor quanto a raiz podem ser consumidas.

#3 Peixinho

Não, você não leu errado. Existe um peixinho que não está no mar, e pode ser plantado na varanda de sua casa.

Essa planta leva este nome porque, quando frita, sua folha lembra o sabor de um peixe servido como aperitivo, além de ter um formato semelhante com os animais aquáticos.

#4 Azedinha vermelha

Como o próprio nome diz, as folhas dessa planta são azedas, e, por isso, contrastam com saladas cruas e em receitas de sopas e omeletes.

#5 Trevo

Apesar de ser considerada uma erva-daninha, por crescer em vasos, quintais e calçadas, o trevo é uma planta que tem outra função além do mito da sorte.

Folhas, talos e bulbilhos podem ser consumidos, mas por ter uma alta concentração de ácido oxálico, o ideal é comer pouca quantidade.

#6 Caruru

Essa é uma planta nativa da América Latina e comumente encontrada nas regiões sul e sudeste do país. Em lavouras, ela é considerada planta daninha, mas também é uma PANC. Suas flores e sementes dão um belo refogado. 

X