Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Bem-estar

18/10/2017 06h30

Vamos de proteína?

Conheça os benefícios do whey protein e os riscos do consumo exagerado do suplemento

Por Nosso Bem Estar

Pixabay | Wikimedia
M22 sec out ing 33594 203436

Whey Protein - Benefícios e Riscos

Os brasileiros buscam, cada vez mais, soluções práticas para alimentação, por meio, dos suplementos nutricionais. “O consumo de suplementos alimentares cresceu 14% nos últimos cinco anos”, declara Synésio Batista da Costa, presidente da Brasnutri.

Um dos suplementos que tem mais se difundido é o whey protein. De acordo com o nutricionista Victor Silvestre, a importância da utilização do whey protein - que nada mais é do que a proteína isolada do soro do leite - e seu benefício para o consumo humano, em todas as fases da vida, está amplamente documentada no meio científico. “Além da função relevante para o processo de manutenção e hipertrofia muscular, na última década, o whey protein vem obtendo importante papel na dieta de crianças, gestantes e idosos. ”, explica o consultor científico da Atlhetica Nutrition.

Contudo, os benefícios podem ser ainda maiores. Há estudos que comprovam que o whey protein pode auxiliar no combate à asma, no controle de colesterol LDL (ruim) e de pressão arterial. Também ainda em fase de pesquisa, a proteína pode ser um bom suplemento para portadores de HIV, já que preserva a massa muscular e fortalece o sistema imunológico.

Ganho de massa muscular

O Whey protein age, principalmente, no aumento de massa muscular. Após o esforço físico, o músculo sofre microlesões. A proteína tem o poder de reparar a fibra muscular, que se torna mais forte.

Tipos de Whey

Alguns cuidados devem ser tomados no momento de escolher qual whey protein comprar e também como ingerir, mesmo sendo uma proteína natural. Existem três subcategorias: whey protein concentrado, whey protein isolado e whey protein hidrolisado.

Dentre algumas características peculiares destes diferentes tipos de proteína, está a velocidade de absorção da mesma (tempo na qual a proteína é digerida e disponibilizada na forma de aminoácidos para serem absorvidos por nosso organismo).

A whey protein concentrada possui velocidade de absorção moderada, enquanto a isolada possui maior rapidez, e a proteína hidrolisada, quase que instantaneamente, é convertida em aminoácidos no intestino humano.

 

Uso indiscriminado

Especialmente por causa do benefício de hipertrofia muscular, o whey protein é, amplamente, utilizado sem prescrição médica ou de nutricionista. Quando consumido acima da porção recomendada e por um longo tempo, as pessoas podem vir a sofrer:

  • Inchaço: pelo fato de os rins trabalharem de maneira exaustiva, o organismo pode sofrer retenção de líquido, às vezes confundida pelas pessoas com aumento muscular;
  • Surgimento de acne: a incidência de cravos e espinhas pode ser maior quando há consumo excessivo do suplemento. A proteína do leite contém substâncias causadoras de acne. No whey protein, estão em quantidades ainda maiores;
  • Aumento de peso: um grama de proteína tem as mesmas calorias de um grama de carboidrato. Isto quer dizer que o exagero na proteína do leite é o mesmo que comer uma porção de macarrão, por exemplo. Esse aumento de peso corporal nem sempre é percebido, pois as proteínas deixam as pessoas saciadas. Em excesso, ela pode se tornar gordura, algo nada desejável para a saúde.
  • Insuficiência renal: o excesso de whey protein é eliminado nas excreções corporais (fezes e urina). Porém, como isso obriga os rins a trabalharem mais, eles se sobrecarregam. No futuro, a pessoa pode ter cálculo ou insuficiência renal.

 

Procure um profissional de saúde

O nutricionista e o médico são os profissionais indicados para você consultar antes de praticar atividades físicas e iniciar a suplementação. Caso você não consiga obter as proteínas pela alimentação diária, o especialista poderá recomendar as doses e o tipo de whey protein.

Contudo, é preciso avaliar a sua condição física para receber orientações adequadas de consumo. Assim é possível obter apenas os benefícios, minimizando os riscos. 

X