Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Beleza

09/05/2017 06h30

Seus pés merecem cuidado

Descubra tudo o que você precisa saber sobre podologia e conheça essa técnica relacionada à saúde dos pés

Por Nosso Bem Estar

Adobe Stock
M12

É hora de cuidar de seus pés

 

Você sabia que nossos pés são responsáveis por nos transportar por aproximadamente 128 mil quilômetros ao longo da vida? Isso equivale a dar a volta ao mundo três vezes! Apesar disso, é uma parte negligenciada do nosso corpo, que não recebe a devida atenção.

Nossos pés contêm um quarto dos ossos do corpo, além de muitos músculos, articulações e ligamentos. Eles são suscetíveis a uma série de doenças, em torno de trezentas, que acontecem especialmente após os cinquenta anos de idade. Nessa idade, perdemos metade da capacidade de absorção dos impactos, ou seja, da gordura da planta do pé que absorve os choques recebidos durante a pisada.

A podologia é uma área necessária para nossa saúde, pois ela trata e previne problemas relacionados aos pés, incluindo também as ocorrências derivadas de doenças como diabetes e artrite. É uma ciência que investiga, diagnostica, trata e previne alterações que afetam os pés, e suas consequências em todo o organismo. O profissional especializado nessa área é o podologista, também chamado de podiatra.

Como surgiu a podologia

A podologia é uma arte milenar comprovada através de gravuras históricas egípcias que retratam atividades semelhantes às praticadas pelos podologistas da atualidade.

No Brasil, a podologia ficou conhecida por volta de 1930, quando uma profissão começou a ser exercida: o enfermeiro-pedicuro, uma especialização da Enfermagem. A partir de 2002 iniciou-se o Curso Superior de Podologia do Brasil, pela Universidade Anhembi-Morumbi.

Funções do pé

Nosso pé tem outra função que não está relacionada à marcha. Quando estamos de pé, ele sustenta todo o peso do nosso corpo, fazendo ajustes para que possamos manter o equilíbrio.

Então, se a profissão exige que a pessoa passe muitos períodos de pé, é provável que uma consulta ao podologista seja necessária, para não gerar problemas nesses membros inferiores no futuro.

Em que áreas o podologista trabalha?

Ele atua em todo o segmento do pé, mas há subdivisões:

  • Podologia geral;
  • Podologia infantil;
  • Podologia geriátrica (pés dos idosos);
  • Pé de risco (em caso de doenças vasculares ou diabetes);
  • Podologia desportiva;
  • Podologia do trabalho;
  • Podologia preventiva.

 

Quando o profissional deve ser visitado?

Nossos pés não recebem a devida atenção que merecem. Muitas pessoas não procuram um podologista, talvez por falta de conhecimento da profissão, ou por não conhecerem os benefícios.

É importante visitar o podologista sempre que acontecer uma das situações abaixo, nos pés:

  • Dores;
  • Mau odor (conhecido popularmente como chulé);
  • Ferimentos;
  • Quando ficar, constantemente, em pé;
  • Ao perceber alterações na pele ou unhas;
  • Dificuldade para calçar sapatos, por causa de alterações no formato dos dedos;
  • Em caso de doenças vasculares, diabetes ou artrite;
  • Se tropeçar ou torcer os pés com frequência.

 

É importante ressaltar o primeiro sintoma informado, ou seja, a dor nos pés. Muitas pessoas sofrem deste sintoma, mas acreditam que seja algo normal.  Porém, estão equivocadas. Quando temos dor nos dentes, procuramos um dentista. Então, quando sentirmos dores nos pés, um profissional especializado em podologia deve ser consultado.

O podologista irá analisar a sua rotina, identificando a causa do sintoma. Ela pode ser relacionada à estrutura do pé, ao uso de calçados inadequados, a calos ou outras alterações na pele, a infecções (como pé de atleta), a traumas que acometeram o membro ou então a doenças como diabetes e artrite.

A consulta com o profissional é indispensável quando a pessoa sentir dores nos pés, pois elas podem estar associadas a doenças. Cerca de 35% das dores são causadas por fraturas de estresse (impacto) e aproximadamente 20% dos casos se relacionam a artrite.

Então, é hora de cuidar dos seus pés! Consulte um especialista sempre que for necessário.

X