Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Planeta

09/03/2017 07h30

Ótimas dicas para reduzir o consumo de carne

Além de diversos benefícios para sua saúde, você ajuda o planeta e diminui a crueldade animal.

Por Nosso Bem Estar

Pixabay | Wikimedia
Ajude o planeta 1

Confira ótimas razões para comer menos carne

Você deseja ter um cardápio semanal com menos carne nas preparações? Saiba que isso é excelente, pois o corpo terá uma série de benefícios. Confira o que a redução da ingestão de proteína animal pode fazer pelo seu organismo e saiba como ter essa atitude.

Por que reduzir?

Mas, afinal, será que é importante reduzir a quantidade de proteína animal ingerida? Sim, seria ótimo comer menos carne, porque é um hábito ideal para quem deseja perder peso, alem de prevenir doenças cardiovasculares, diabetes e até o câncer.

E mais: consumir menores porções de carne, especialmente a de vaca, contribui com o meio ambiente. Isso é fato porque os bovinos elevam a quantidade de gás carbônico no ar, que está diretamente relacionado ao efeito estufa.

Se você ainda não se convenceu, há mais motivos para reduzir a quantidade de carne ingerida ou até mesmo parar de consumi-la:

- Preparar refeições sem carne (ou com menos) sai mais barato, pois os vegetais e grãos possuem preço menor do que o quilo da proteína animal. A redução é maior no quesito carne vermelha, que é mais em conta do que frango, peixe ou suíno;

- Você colabora com a redução da crueldade animal, pois milhares deles são mortos por ano para fornecer alimento à população. Acontece que há muitas fazendas industriais, que não tratam bem dos animais. Se você comer menos carne, poderá tornar o tratamento ao gado mais humanizado, ou então pode adquirir porções em empresas reconhecidas pela boa atuação nesse quesito;

- Se você gosta de praticar esportes ou atividades físicas, poderá se beneficiar com a menor ingestão de carne, pois ela contribui com a formação de ácido lático, que provoca dores musculares após o esforço. Esse é um dos segredos dos atletas de sucesso, que preferem ovos e carnes magras;

- Comer menos carne também colabora com a sua aparência e a sensação de bem-estar. Isso porque a proteína animal contribui com a oleosidade da pele, por ser rica em gordura e algumas toxinas. Os resultados são ainda melhores quando a pessoa aumenta o consumo de água.

Como você deve proceder

Porém, se você costuma comer bastante carne em suas refeições, deve fazer a transição aos poucos. Afinal, seu corpo irá sentir falta da proteína animal e o seu cérebro criará uma síndrome de abstinência ao alimento.

Então, agora vêm as nossas dicas para você saber como comer menos carne sem causar danos ao seu organismo.

Defina a quantidade diária

Você sabe quanto de proteína animal ingere diariamente? Se deseja comer menos carne, é importante saber a quantidade, para definir quanto você irá comer por dia. Lembre-se de que ela não precisa ser a sua principal fonte de alimentação, tenha-a como um complemento da salada, por exemplo.

Coloque a sua meta de dois filés de carne bovina por semana (recomendado pelos nutricionistas), variando também entre frango, peixe e suíno.

Um dia sem carne

Você pretende comer menos carne, mas já pensou em não comê-la em um dia da semana? Essa data terá um cardápio totalmente vegetariano, quem sabe a segunda-feira? Nesse dia, coma somente grãos, frutas, verduras e legumes.

Você verá que sairá da mesa saciado e acreditará que é possível, sim, ficar sem ingerir proteína animal e comer bem ao mesmo tempo.

Diminua aos poucos

Você já sabe o quanto quer comer de carne por semana e também tem um dia definido para não haver ingestão desse alimento. Mas, para eliminar totalmente o consumo, deve promover redução aos poucos.

Por exemplo: coma cada vez menos porções de carne vermelha, optando por frango e peixe. Em seguida, coma somente o pescado. Para finalizar a ingestão de proteína animal, pare de comer opções de todos os tipos e escolha apenas ingredientes proteicos vegetais, como cogumelo, grãos e oleaginosas.

Faça substituições

Porém, nosso organismo está acostumado a esse nutriente, então, quando você começar a comer menos carne, até parar totalmente, terá dias em que a vontade de comer proteína animal irá voltar com tudo.

Quando isso acontecer, faça substituições, enganando seu corpo com ingredientes mais encorpados, como alguns vegetais: abóbora e batata-doce. Dá certo!

X