Bem-vindo ao Nosso Bem Estar!
Para acessar toda positividade de nosso conteúdo, escolha o portal mais próximo a você.

Saúde Integral

21/11/2016 08h00

Gengibre: um alimento superpoderoso

Conheça os benefícios desta versátil especiaria para a saúde

Por Nosso Bem Estar

Arquivo Nosso Bem Estar
Gen

O gengibre é um alimento funcional e tem ação termogênica, pois acelera o metabolismo estimulando o nosso organismo a gastar mais energia

Como planta medicinal, você sabia que o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo? É isto mesmo. O gengibre, que é um caule subterrâneo grosso, nodoso e bege de origem asiática, traz vários benefícios comprovados para a saúde. Até mesmo a Organização Mundial da Saúde (OMS) se rendeu aos encantos do gengibre. Segundo ela, ele tem ação sobre o sistema digestivo e é indicado para evitar enjoos, náuseas e para facilitar a digestão de alimentos gordurosos.

Além disso, o gengibre é um alimento funcional e tem ação termogênica, pois acelera o metabolismo estimulando o nosso organismo a gastar mais energia e, consequentemente, auxilia na perda de peso. Quer saber mais sobre esta especiaria? Confira, no artigo de hoje, os benefícios deste alimento superpoderoso e versátil para a saúde. Vamos lá?

1. Alimento funcional

De acordo com a Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde, os alimentos funcionais oferecem vários benefícios, além de possuir um valor nutritivo inerente à sua composição química. Este tipo de alimento pode desempenhar um papel potencialmente benéfico na redução do risco de doenças crônicas degenerativas.

Este é o caso gengibre. Com uma composição rica em nutrientes, que garantem qualidades terapêuticas curativas comprovadas cientificamente, ele conta com potássio, magnésio, cobre e vitamina B6 e o seu óleo essencial, que é rico em gingerol, zingerona, zingibereno, felandreno e canfeno. Confira abaixo algumas das propriedades curativas do gengibre:

Analgésica

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, o extrato de gengibre tem um importante efeito analgésico e anti-inflamatório, se comparado a outros medicamentos como, por exemplo, o ibuprofeno. A versatilidade analgésica do caule também foi testada em um estudo indiano para osteoartrite e comprovada sua eficácia.

Alívio de náuseas e vômitos

O gengibre é reconhecido pela OMS por sua capacidade de aliviar náuseas e reduzir vômitos. Além disso, uma pesquisa realizada pelo Departamento de Medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, demonstrou a eficácia da planta em casos de náuseas e vômitos associados à quimioterapia.

Relaxante muscular

Você sabia que o extrato de gengibre é útil para reduzir drasticamente a dor muscular derivada das atividades físicas? Uma pesquisa realizada, no ano de 2010, demonstrou a ação analgésica e relaxante muscular da planta. Neste caso, ingerir o gengibre pode não ter um efeito imediato, mas o uso contínuo potencializa progressivamente a analgesia. Ele também tem potencial analgésico nos processos musculares inflamatórios em mulheres atletas.

Diabetes

O gengibre possui propriedades antidiabéticas, de acordo com estudo iraniano feito em 2015. Segundo a pesquisa, os 41 pacientes com diabetes tipo 2 que participaram foram, visivelmente, beneficiados com a redução dos níveis de açúcar no sangue.

Alívios dos incômodos da menstruação

O gengibre é recomendado para alívio das cólicas e dores, durante o período menstrual, de acordo com a medicina natural. O estudo da Shahid Beheshti University of Medical Sciences, no Irã, também comprovou a eficácia do alimento. Durante os três primeiros dias de menstruação, um teste em 150 mulheres, que ingeriram 1g de extrato de gengibre diariamente, comprovou a eficiência do gengibre para a redução dos incômodos, cólicas e dores, equivalente ao uso do ibuprofeno.

Colesterol

A ingestão diária de 3g de pó de gengibre reduz significativamente os níveis de colesterol no sangue equilibrando os índices de LDL e HDL, de acordo com pesquisa realizada pelo Departamento de Farmacologia da Universidade de Ciências Médicas de Babol, no Irã. Os níveis elevados do colesterol LDL estão associados ao maior risco de problemas cardíacos.

Bactericida e preventivo de infecções

Com atuação específica no combate às bactérias que causam a gengivite e a periodontite, o gingerol, óleo essencial de gengibre, é superpoderoso bactericida.

 “Xô celulite”!

Como o gengibre possui ação anti-inflamatória, ele também ajuda a manter a pele lisa e sem celulite. A dica de uso para este caso é: para uma medida de água, adicionar folhas de uma couve, capim-limão fresco a gosto, um punhado de Goji Berry, uma colher de semente de chia, e um pedaço de menos de três centímetros de gengibre.

2. Alimento termogênico

O gengibre é fonte de substâncias termogênicas, como o gingerol, que atua no aumento do gasto calórico. As melhores opções de consumo para o alimento é cru ou ralado, pois se ele for exposto ao calor, pode perder toda a sua ação benéfica. Ele ajuda no emagrecimento de duas formas:

  • Queima toxinas – a planta incita as enzimas do fígado a trabalharem mais e, assim, a eliminar toxinas. Quando este processo acontece, a pessoa recebe uma sinalização de saciedade mais rápida.
  • Possui ação termogênica – a partir do momento que a célula tem menos toxina, ela trabalha melhor e deixa o metabolismo acelerado. Assim, acelera-se a queima de calorias.

E você? Tem incluído este poderoso alimento em sua dieta? Conte para a gente nos comentários.

X